Caixa de texto: MOVIMENTO OÁSIS

APRESENTAÇÃO DO LIVRO PADRE ROTONDI: O HOMEM DO “SIM” (21.04.2012)

Foi apresentada na noite de sábado, 21 de abril, nas instalações do Centro de Cultura Católica do Porto, numa organização do Movimento Oásis e da Paulus Editora, a edição portuguesa do livro Padre Rotondi: O homem do “Sim”, da autoria da jornalista italiana Imelda Leone. A publicação insere-se nas comemorações do centenário do nascimento do referido padre jesuíta, nascido em Vicovaro, Itália, em 22 de maio de 1912, e falecido em 13 de abril de 1990, em Villa Sorriso, o Centro Internacional do Movimento, perto de Roma.

A sessão, participada por cerca de uma centena de pessoas, foi aberta pelo P. Eleutério Pais, em nome do Movimento Oásis. Saudou os presentes, contextualizou a publicação no quadro das celebrações centenárias e agradeceu a todos quantos a tornaram possível. Evocou sobretudo os inícios do Movimento Oásis e a difusão da proposta do P. Rotondi aos jovens como «uma marca de espiritualidade capaz de transformar a vida num “Sim” a Cristo e num “Sim” aos outros». Assinalou ainda o objetivo da publicação: «dar a conhecer pedaços da sua vida, da sua obra e da sua mensagem».

A apresentação do livro esteve a cargo de D. Carlos Azevedo, delegado do Conselho Pontifício para a Cultura, que conheceu pessoalmente o P. Virgínio Rotondi, assim como a sua proposta espiritual. Procurando despertar o interesse dos presentes pelo livro, começou por respigar de relance alguns dos títulos mais expressivos, para de imediato se centrar no perfil do P. Rotondi. Considerou-o essencialmente um pregador, um homem da Palavra, primeiramente ao serviço do Apostolado da Oração e do Movimento por um Mundo Melhor, nas praças repletas de toda a Itália. Assinalou também a ação evangelizadora nos meios de comunicação social e no aconselhamento espiritual daqueles que o procuravam no recato do seu gabinete. Sublinhou sobretudo o seu apostolado junto dos jovens, no âmbito do Movimento Oásis, que entretanto fundou. Citando a apresentação que escreveu para a edição portuguesa do livro, referiu que, «inspirado no “Sim” da agonia de Jesus, no Horto das Oliveiras, e no “Sim” de Maria, na anunciação, o jesuíta Padre Rotondi propôs uma via mística para estar ao serviço, na Igreja e na sociedade. Desenvolver e crescer em todas as capacidades humanas, ter interesse pelo mundo, ou seja, estar atento ao que se passa, às reais necessidades das pessoas, ser servo humilde e simples, são as atitudes preparatórias para dizer “Sim” ao que Deus diz, dá e pede e ao que, em cada momento, os outros, que nos circundam, esperam ou precisam».

Por fim, tomou a palavra o irmão Darlei Zanon, da Paulus Editora, para estimular a divulgação do livro, agradecer a confiança do Movimento Oásis na Paulus para a sua publicação e estabelecer algumas pontes entre o P. Rotondi e o P. Alberione, fundador da Sociedade de São Paulo, um impulsionador da evangelização através dos meios de comunicação social.

As celebrações do centenário continuam no dia 25 de abril, no Centro de Espiritualidade Oásis, em Ermesinde, com a celebração da Eucaristia, presidida pelo bispo do Porto, D. Manuel Clemente, com a inauguração de uma exposição evocativa do percurso e dos traços mais relevantes do perfil espiritual e pastoral do P. Rotondi, com um conjunto de testemunhos de oasistas que conheceram de perto o P. Rotondi, entre os quais Virgínia Minelli, animadora internacional do Movimento Oásis, e com a apresentação do CD “Construir Oásis”, que reúne um conjunto de canções, onde ressoa a espiritualidade Oásis, que o P. Eleutério Pais foi oferecendo ao longo dos anos à animação dos Cursos Oásis.

O Movimento Oásis, fundado em Itália pelo P. Rotondi em 1950, encontra-se em Portugal desde 1958. Com o seu Centro de Espiritualidade em Ermesinde, trabalha pastoralmente com crianças, adolescentes, jovens e casais, a quem faz chegar a proposta espiritual do serviço por amor. Para viver e fazer viver esta espiritualidade, o P. Rotondi criou em 1958 o instituto secular Ancilla Domini, também presente em Portugal, designadamente na dinamização do referido Centro de Espiritualidade.

EXPOSIÇÃO FOTOBIOGRÁFICA DO P. ROTONDI

Ver

.:2017/2018:. Movimento Oásis: um caminho de vocação. Juventude em discernimento