Caixa de texto: MOVIMENTO OÁSIS

HISTÓRIA

O Movimento Oásis nasceu na Igreja Trinità dei Monti, Roma, no dia 1 de novembro de 1950, dia da proclamação da Assunção de Nossa Senhora ao Céu. Um grupo de estudantes, que havia aderido às propostas de P. Rotondi, decide empenhar a sua juventude no esforço de atingir o ideal da santidade, através de um sério programa de vida espiritual: promessa feita a Jesus Cristo, com entusiasmo e traduzida em vida.

Em 1952, obtém o reconhecimento da Congregação da Doutrina da Fé. Neste mesmo ano, o Papa Pio XII recebe os seus membros, em audiência especial, em Castelgandolfo, e dirige-lhes uma palavra programática que é, ainda hoje, considerada a “Magna Carta” do Movimento.

Depois de Pio XII, não faltaram, da parte dos Papas, palavras de reconhecimento e de encorajamento.

O Movimento está inserido na vida e nas estruturas apostólicas da Igreja Católica.

Foi introduzido em Portugal, em 1958, pelo entusiasmo e dedicação do P. Ilídio Fernandes, da Diocese de Lamego.

Desde junho de 1992, está presente, também, na Igreja Ortodoxa Ucraniana.

File:Trinita dei Monti Rome interior nave.jpg

.:2017/2018:. Movimento Oásis: um caminho de vocação. Juventude em discernimento